Dr. Luke

Kesha vai ficar cara a cara com Dr. Luke em junho



Kesha vai ter que encontrar o produtor Dr. Luke – que ela acusa de tê-la drogado e estuprado. Como parte da batalha legal que os dois enfrentam, vão se encontrar na Corte de Nova York em junho. A informação é do jornal Daily Mail. Vai ser um momento particularmente delicado dessa briga judicial.

Na audiência, Kesha terá que gravar um depoimento sobre a acusação de assédio sexual. Dr. Luke estará lá, com seus advogados. O estupro é a principal arma da cantora para conseguir a quebra de contrato, mas não é considerado pelo juiz por falta de provas. Ao contrário, o produtor e seus advogados mostram cartas e fotos antigas de muito carinho dela e sua mãe com relação a ele.

Kesha quer deixar de trabalhar com Dr. Luke desde que saiu da autointernação em uma clínica de reabilitação. A cantora diz ter sofrido terrorismo psicológico na mão dele, o que causou seus transtornos alimentares. Ele nega tudo. Na última audiência, o juiz deu ganho de causa para o produtor e empresário da Kemosabe Records.

O tribunal não vê motivo para anulação do contrato, visto o investimento de mais de US$ 50 milhões que Kesha recebeu em sua carreira. O juiz entende que, como a Sony ofereceu a chance de trabalhar com outros produtores, sem contato com Luke, não existe nenhum problema. Mas a mãe da cantora revelou que isso é um blefe, pois, na verdade, ele que autoriza com quem ela pode trabalhar e o que pode ou não lançar.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.