Cinema

J.K. Rowling revela porque o filho de Harry Potter tem o nome de Snape



Se você nunca leu ou assistiu aos filmes de Harry Potter (em que mundo você vive?) esse post pode conter spoilers.

Adoramos quando a rainha J.K. Rowling depois de tantos anos vem ao twitter explicar sobre seus personagens. Dessa vez, a autora falou novamente sobre Snape.

Quem conhece a história sabe que Snape não era lá muito amável e implicava (muito!) com Harry Potter. Muitos fãs do jovem bruxo odiavam o professor. Mas Snape pagou seus pecados com Potter com um preço muito alto. Então, uma fã perguntou o porquê de Harry dar o nome de Snape para um de seus filhos. Foi aí que a autora voltou a ser maravilhosa:

“Snape morreu por Harry por amor a Lily. Harry pagou seu tributo a ele em perdão e gratidão.”
Mas, um outro leitor tentou contradizer J.K. dizendo que Snape nunca fez mal a Harry, no que a autora respondeu:

“Isso não é verdade, eu sinto muito. Snape projetou seu ódio e inveja de James em Harry. Há uma tese inteira do porquê de Harry dar ao seu filho o nome de Snape, mas a decisão parte do coração de quem Harry era no pós-guerra. Snape era todo cinzento. Você não pode fazer dele um santo: ele era vingativo e fazia bullyng. Você também não pode fazer dele um demônio: ele morreu para salvar o mundo bruxo. Em honra ao Snape, Harry esperava em seu coração que ele também fosse perdoado. As mortes nas Batalhas em Hogwarts iriam assombrar Harry para sempre.”
Em outro tuíte em resposta a uma fã, Rowling explica o maior erro de Snape:

“Snape foi um bully que amava a bondade na Lily sem ser capaz de imitá-la. Essa foi sua tragédia.”
E continua na defesa de Snape sem justificar os erros do personagem.

“Snape não morreu por ‘ideais’. Ele morreu num desejo de se livrar da própria culpa. Ele poderia quebrar o disfarce a qualquer momento para salvar a si mesmo, mas ele escolheu não contar ao Voldemort que esse último estava cometendo um erro fatal em alvejar Harry. O silêncio de Snape garantiu a vitória de Harry.”
Nós amamos como a justiça foi feita de algum jeito para todos e o desfecho da história.

“Harry escolheu perpetuar o nome de duas pessoas que não tinham ninguém de suas famílias para o fazer.”

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.